Não ser constante senão na inconstância

Os blogues são como animais: nascem, crescem, morrem. No início, mil promessas os permeiam; a idade traz vivência e monotonia; terminam suas vidas num arroubo de energia, de raiva. Um suicídio improvável. Na verdade, não sei se são todos assim: os meus são.

Primeiro veio o Several Species of Small Furry Animals Gathered in a Cave Grooving With a Pict, baseado na música homônima do Pink Floyd. Não obstante a grandeza do nome, durou uns 3 posts; que foi o tempo de perceber que eu não teria nenhum comentário, excetuando-se, talvez, os das pessoas para quem eu mandasse o link por msn.

Algum tempo depois, o Áporo. Naquele período conturbado, toda luz que via emanava de vaga-lumes: era intermitente, fugidia. Uma transição presidia o momento. Enfim… Ele passou: achei que era hora de tentar algo novo. Então veio o Undiscover’d Country – nome em homenagem ao príncipe dinamarquês da peça de Shakespeare -, mas é claro que a mudança não podia ser deliberada assim: ele se saiu igualzinho ao Áporo; porque, é claro, eu era o mesmo. De novo, os mesmos arroubos emocionais o derrubaram. O escrever na internet era uma batalha forçosamente perdida, um feto natimorto.

Porém, como contradição ambulante que sou, fui obrigado a voltar atrás. Olho pro futuro: algo acontecerá e eu deletarei, furioso, esse blogue. Pode ser daqui alguns meses, alguns anos, quem sabe… Mas não importa: eu escrevo porque me é natural; assim como o artista da fome jejua porque não gosta de comer.

Anúncios
1 comentário
  1. Guilherme disse:

    hm, sem promessas pra esse então hehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: