O Naturalista

Podiam falar:
Em Shakespeare ou n’A Bíblia;
no Amor ou no Ódio;
na poesia, nas danças;
na música de Bach,
Podiam falar.

Podiam falar:
Nas órbitas celestes;
no Prazer e na Dor;
em Deus ou o abismo;
na vaga angústia indeterminada,
Podiam falar.

Podiam falar; podiam, podiam.

Mas, para ele, a vida nunca seria senão
aquele código obscuro
grafado na ignorada gramática das bases nitrogenadas.

Anúncios
2 comentários
  1. Primrose disse:

    Eu entendi certo, ne! hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: